TERAPIA OCUPACIONAL NO KORU CENTRO-DIA

A terapeuta ocupacional GISELE ASANUMA realizou uma sequência de atividades usando algumas ferramentas da T.O., proporcionando aos idosos formas variadas de estimulação envolvendo memória, uso dos sentidos, coordenação motora, etc.

 

ATIVIDADE 1

Realizamos uma contextualização histórica da origem do desenho, passando pela lenda de Butades e desenhos rupestres, afirmando a importância do desenho antes mesmo da escrita, em narrar a história e reter memórias vividas. A proposta de hoje foi desafiar a retomada do desenho simples, à lápis, estimulando o desenho de memória, o desenho de observação, trabalhando a coordenação motora fina, percepção e exploração visual na praça em frente ao Koru.

 

 

ATIVIDADE 2

Exploramos os diferentes tipos de memória. A partir de um jogo com olhos vendados, trabalhamos a memória tátil com diversos elementos (arroz, feijão, milho, macarrão, pedrinhas e casca de árvore). Com a revisitação da memória olfativa invocamos a memória afetiva, lembranças de bons momentos no sítio, calorosos dias em torno do forno à lenha com a família, bolos e pães saindo quentinhos, amigos e cafezinhos. E por fim, a partir do trabalho iniciado com a Silvia, trabalhamos a memória visual com as frases utilizadas no cartaz “ideias para boa convivência”.  Houve grande participação e envolvimento com as lembranças uns dos outros, proporcionando rica troca e bom clima de convivialidade.

 

 

ATIVIDADE 3

Na sequência da semana anterior, realizamos a partir da exploração sonora o desenho de memória. A música utilizada foi a “Aquarela” de Toquinho que remeteu a lembranças antigas que proporcionaram uma rodada de conversa. Além disso, retomando a história de Butades, uma lenda sobre o surgimento do desenho, realizamos desenhos com as sombras dos participantes, resultando num painel coletivo com o contorno dos corpos. Memória, coordenação motora global e fina, e ampliação do repertório cultural foram trabalhadas no encontro de hoje.