CONVIVENDO NA COZINHA E COMPARTILHANDO SABORES

Nossa oficina ocorreu em 2 momentos distintos.

1 º Dia (04/02/19)

Neste dia reunimos os idosos para abrir discussão sobre a importância do compartilhar na cozinha, fazer trocas de receitas, do quanto a cozinha une gerações.

Falamos sobre vivenciar a prática culinária, colocando emoção e sentimento em tudo que fazemos. Discutimos sobre lembranças prazerosas de pratos feitos por pessoas que amamos (mãe, vó, etc). Também discutimos sobre o uso dos 5 sentidos para ocorrer percepção (olfato, visão, paladar, tato e audição).

Neste dia oferecemos 3 frutas diferentes para que os idosos degustassem e percebessem as diferenças.

A laranja (mais ácida e mais molhada), a maçã (mais dura e áspera) e a banana (mais pastosa e grudenta).

 

2º Dia (11/02/19)

Iniciamos a oficina fazendo um lanche natural de frango desfiado, com cenoura ralada, milho e maionese acompanhado de suco de abacaxi com hortelã. Os ingredientes ficaram separados, e os idosos foram misturando preparando então seu próprio patê que foi colocado em meio pão francês.

Eles degustaram e o Sr. Ubirajara leu para o grupo um texto sobre “o comer consciente”.

 

Após o lanche tivemos um segundo momento na sala de estar com a leitura de um texto trazido pela psicóloga Silvia, retratando a bondade de uma mulher que dava comida a pessoas que passavam na rua com fome. Falamos também com esse viés de ajuda ao próximo.