Os diversos tipos de açúcar

O uso de açúcar em excesso é um dos grandes causadores do aparecimento do diabetes, doença caracterizada pelo aumento da glicose no sangue e que ganhou contornos de epidemia mundial, atingindo milhões de pessoas em todos os países do mundo.

Uma das principais causas está na alimentação industrializada, com doces, biscoitos, sorvetes, balas, chocolates e bebidas com grande quantidade de açúcar.

Muitas pessoas desconhecem que por traz daquele suco industrializado, que parece uma bebida saudável, encontramos uma grande quantidade de açúcar inserido na receita.

E aí mora o perigo, porque antes do Diabetes, podemos ter que enfrentar a obesidade, que também vem trazendo vários problemas de saúde.

obesidade  Fonte: GETTY

Por que é melhor evitar o açúcar?

Além de causar o acúmulo de gordura, sacarose em excesso também mexe com o metabolismo, roubando cálcio e sais minerais.

O açúcar prejudica a absorção de selênio, magnésio e zinco, e isto acaba promovendo o envelhecimento precoce. Além disso, o consumo exagerado deste alimento causa fermentação do sistema digestivo, destrói as bactérias intestinais e enfraquece o sistema imunológico.

Estes estragos não são nada doces.

Vamos então conhecer os diversos tipos de açucares e suas características:

Refinado (ou branco): é o mais prejudicial. No refinamento, seus sais minerais e vitaminas são anulados por aditivos químicos.

açúcar refinado

 

Orgânico: mais escuro e grosso do que o refinado, não usa aditivos químicos em nenhuma fase de produção. Possui portanto, suas fontes de vitaminas e minerais íntegras, como foram extraídas da terra, na sua totalidade. Este açúcar ainda tem a vantagem de estar isento dos defensivos agrícolas que fazem tão mal a nossa saúde.

cristal

 

Cristal: com grânulos grandes, difíceis de serem dissolvidos, passa por refinamento, mas conserva 10% dos sais minerais.

açucar cristal

Mascavo: é escuro e úmido. Por não ser refinado, conserva o cálcio, o ferro e os sais minerais. Tem um gosto forte de cana.

mascavo

Demerara: de cor marrom-clara, é um dos mais caros. Passa por leve refinamento e não tem aditivo químico. Tem altos valores nutricionais.

Light: Combina açúcar refinado a adoçantes artificiais, tornando-o menos calórico, porém isentos de sais minerais.

De Confeiteiro: super-refinado, recebe amido de arroz, de milho ou fosfato de cálcio para os minicristais não se juntarem novamente.

açucar confeiteiro

Vamos procurar ter uma vida doce, mas saudável!

Texto: Márcia Soares – Nutricionista