Prosperidade e Alimentação

PROSPERIDADE (substantivo feminino)

Significado:

  1. Estado do que é ou se torna próspero
  2. Grande produção de alimentos e bens de consumo
  3. Abundância, fartura, crescimento
Fonte: dicionário on line de Português

 

Falar de prosperidade quando se trata de alimentação é algo que nos remete a muitas reflexões.

Começamos pensando que no ventre materno para prosperar, crescer e nascer, o bebê precisa do alimento através do cordão umbilical.

 

No Koru Centro-Dia realizamos em 18/04 uma Oficina de Culinária tratando o tema.

Inicialmente foi feito um bate papo com nossos idosos, trazendo situações onde se pensa na Prosperidade. Surgiram várias opiniões, a saber:

1 – Final de ano, muitos desejos de melhorar em relação ao ano que finda, desejo de prosperidade, daí vem a famosa simpatia das folhas de louro e/ou a simpatia dos 7 gominhos de romã. Tudo isto visando mais prosperidade no novo ano.

 

 

 

 

 

 

 

 

2 – Um outro significado de prosperidade no quesito de alimentação, diz respeito ao sujeito ter dinheiro suficiente para conseguir comprar alimentos, abastecer sua casa, alimentar sua família. Aquele provedor que consegue através do seu trabalho trazer a alimentação; este representa a prosperidade.

 

3 – Outro fator muito interessante discutido foi a alusão que a prosperidade nos dá quando temos mesa farta, cheia de variedades de alimentos. Isto além de representar fartura, traz a ideia de união e unidade familiar, representa vida social, encontro com amigos, momentos de alegria; isto também é prosperar!

4 – Pensando nos tipos de alimentos, falamos sobre alimentos como por exemplo: pão, arroz e grãos, que são fortes representações de prosperidade. O pão cresce, fermenta, se multiplica, prospera. O arroz após cozido triplica sua quantidade, aumenta, prospera. Grãos ficam de molho, hidratam, amolecem, se tornam palatáveis, prosperam, ou seja, na confecção dos alimentos podemos ver a prosperidade presente.

5 – Um outro conceito foi pensar na prosperidade relacionada com o sagrado, com nossas crenças, com nossos desejos íntimos e morais de prosperar: ontem, hoje e sempre!

 

Foi interessante perceber que este “substantivo feminino” como diz o dicionário, na verdade é um “verbo” em ação constante em nossas vidas.

Nascemos para ter prosperidade, não queremos ficar estagnados. E que mesmo idosos, mesmo tendo vivido muito, ainda existe a sede por prosperar…. por aprender…. por fazer….

Na Oficina de Culinária do Koru Centro-Dia, finalizamos discutindo que só temos prosperidade, se soubermos também dividir. E que a alimentação é muito melhor quando é compartilhada, dividida, alinhada e principalmente degustada junto!

 

Finalizamos preparando um delicioso Pão de Queijo para nosso café da tarde e amassando a massa de um Pão de Cebola que foi consumido no café da manhã do dia seguinte.

 

 

E assim, felizes e prósperos, encerramos nossa atividade!